Por meio deste trabalho desejo seduzir

Videoinstalação composta por cinco fotografias, uma televisão e dois tablets. Em um dos tablets, vê-se o texto que norteia o trabalho: “Por meio deste trabalho desejo seduzir RB, que ainda amo/ LH, meu melhor amigo em 2012 — queria beijá-lo, mas acabei beijando dois dos amigos mais próximos dele/ TV, meu marido/ MMM, o pior chefe que tive na minha vida/ AR, o professor com quem conversava no carro por horas/ SR, que, em um intervalo de 15 minutos, me mandou dois vídeos gozando em momento distintos/ CL, que não quis me beijar porque sou casada/ FP, meu pai”. No outro, o registro da performance que a artista fez na galeria deCurators, durante a exposição Nenhum homem no mundo. Assim como as camgirls, modelos de webcam que realizam serviços sexuais em troca de dinheiro, bens ou atenção, Mariana Destro interagiu durante a performance com pessoas desconhecidas no site de sexo virtual DirtyRoulette, registrando essas interações em vídeo. Comprometida com a dinâmica já estabelecida nesse tipo de relação, ela foi dirigida pelos anônimos com quem interagiu. Na televisão, a voragem em loop. As cinco fotografias são registros de fragmentos do seu corpo e da indumentária imediatamente após o fim da performance.

videoinstalação, 2019

Por meio deste trabalho desejo seduzir